20 de jun de 2011

Ser importante é ter valor para alguém e não somente para si

Em mais uma viagem ao submundo da internet, encontrei a tarjeta abaixo:

post “Nunca os melhores Radioamadores serão os que mais países tenham confirmados seus contatos, e sim o que mais colegas gostem dele como pessoa e amigo”

Pois resolvi adotar este lema como bandeira, daquelas bandeiras que devemos observar todos os dias para não cair no erro descrito nela mesma, os amigos já me ouviram dizer que (lá vai polêmica) tem muito radioamador prefixado classe “A”,  que não vale um bife de teta de galináceo (peito de frango), bem como outros classe B, C, D….Z.

Em uma oportunidade fui convidado a ir a casa de um colega, conhecer sua estação, primorosa sem dúvida, investimento de no mínimo USD 20.000,00, rádios importados – todos – computador dedicado, 2 rotores, antenas para todas as faixas e etc, indaguei porque eu o ouvia tão pouco nas freqüências, a resposta foi inesperada, ele usa 2 ou 3 rádios ao mesmo tempo só para persseguir alguns radioamadores pelos quais tem desafetos de anos e anos.

Por outro lado fui também convidado a visitar a estação de outro colega de Jundiaí, mais simples impossível, um rádio, uma fonte e uma antena esticada, já ele fala com todo mundo e está agora se preparando para tirar o seu indicativo, será mais um colega carismático nas faixas. Faça você a sua escolha, a minha eu já fiz.

Quando você encontrar um colega em qualquer freqüência que fala inibido por não ter indicativo, ajude o amigo, colabore com quem está começando ou mesmo com quem já é velho de rádio e quer se aprimorar, não entre chutando e simplesmente dizendo que o amigo não pode falar nesta freqüência bla´…blá…blá…

Todos sabem que analiso as portadoras de nossa região – todas as portadoras que chegam na 147.330 são gravadas, catalogadas, anexadas ao indicativo e QRA, então com propriedade posso dizer que 99% das portadoras nesta repetidora são obra de colegas PY e PU.

Faça um rádio sadio, um papo bacana, faça amigos!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário