28 de ago de 2011

Diferenças - Convite ao raciocínio humano

Aconselho que só prossiga a leitura deste tema se você se considera uma pessoa com o mínimo de sentimentos humanos positivos, caso contrário é melhor ir assistir algo que exija menos raciocínio. Convido a você para que abra a sua mente e que possamos tocar o tema adiante, como senhor supremo de suas decisões e vontades, pode para de ler a qualquer momento.

conflitos221

Desde cedo procuramos ensinar aos nossos filhos que as diferenças devem ser respeitadas, existem metodologias pedagógicas específicas para o assunto, aplicadas em escolas desde públicas as particulares. Ensinamos que todos são iguais, que as diferenças são externas e que mesmo os pensamentos dos coleguinhas devem ser respeitados.

image

Observamos a fantástica e mágica natureza animal, que supera as diferenças, quantas matérias já foram publicadas sobre cadelas que adotam filhotes de gatos, onças que criam pássaros, galinhas que adotam filhotes caninos para que não sofram no frio intenso.

image

Valorizar a diversidade é uma prática saudável que nos ensina cada vez mais o quanto é precioso as diferentes óticas. Lugares, pessoas, símbolos, times, cor, sabor, perfume, profissão, enfim, há uma lista enorme de elementos do cotidiano das pessoas que as diferem das outras. Há fatores que nos reúne em grupos em razão de afinidades semelhantes, no entanto, cada ser humano faz sua própria leitura das mais variadas situações, objetos e preferências.

image

Como lidamos com essa diversidade e diferenças em um mundo que, ao mesmo tempo em que enaltece o diferencial, nos tendência a seguir padrões determinados? Os apelos para que estejamos dentro do convencional ainda é muito forte. Por isso ainda há muita resistência às mudanças.

Quando ampliamos nossa percepção para enxergar a diversidade que está a nossa volta começamos a observar a grandeza das diferenças e a importância de respeita-las. A consciência de que cada pessoa é única e conectada com uma rede universal nos dá uma dimensão de que o potencial criativo é uma fonte de criação multiplicadora de resultados. A diversidade é uma força criadora que nos impulsiona a refletir a relevância de não nos deixarmos guiar por modelos ditados, afinal, temos capacidade de inventar nossa própria receita sim. E reinventar quando for preciso.

Pensar no seu diferencial faz com que você enxergue o diferencial do outro e respeite suas particularidades. Há pessoas que dizem ser o que são afirmando o que não são e o fazem de modo muito negativo tentando deteriorar os valores do outro. O universo é tão vasto e há espaço para inúmeras formas criativas. A natureza é um retrato da diversidade com seus distintos ecossistemas que formam uma teia interligada de recursos. No campo da religião temos exemplos da intolerância às diferenças com danos assustadores, eu assisti de perto dois conflitos em países diferentes, onde centenas, milhares de pessoas foram mortas em nome da religião. E isso se estende para outros campos. O que o grande mestre nos ensinou: Amai ao próximo como a si mesmo.

O que isto tudo tem a ver com o radioamadorismo, onde eu quero chegar com este tema?

Neste sábado 27/08 eu estava no SENAI Têxtil, aguardando para fazer as fotos do exame para radioamadores e conversando com os presentes, ouvi ali dois comentários que se chocam, o primeiro vindo de um PY, comparava a forma que um dos presentes falava como sendo a forma de um “Pexizeiro”, o outro comentário veio de um que acaba de sair da sala onde havia feito a prova de técnica e ética em telecomunicação, “... se eu não passar tudo bem, eu sou PX e fiz a prova só por fazer, eu não gosto muito da turma dos 2 metros…”. Estas duas expressões ficaram na minha mente, mas desapareceram com o domingo em família. A pouco eu olhando os e-mails e comentários que recebo através deste Blog, esbarrei em um e-mail que me fez relembra, não cito o nome do remetente pois não deu tempo para pedir a devida autorização, segue o texto do e-mail:

“… Alguem me mandou um e-mail com tema radioamadorismo, como sou apenas um simples PX da vida e prefixado legalmemte pela ANATEL, achei interessante a expressão " radioamador de verdade" Dai chego a conclusão que entre voces existe tambem os de "mentira; quero dizer;embora legalmente prefixado pela ANATEL, não falta lobo com pele de ovelha nesse meio…”.

Toda a introdução desta matéria teve a intenção de levar o seu raciocínio para o que diz respeito a nós radioamadores. Cabe aqui a minha interpretação da palavra “radio-amador” = aquele que ama o rádio, no nosso caso aquele que ama a radiocomunicação. Ou seja, eu não pratico qualquer diferença entre as diversas classes de amadores de telecomunicações. Percebam que o nome de nossa associação é “RADIOAMADORES SEM FRONTEIRAS”, nós não fazemos nenhuma discriminação a categoria, classe, região ou o que seja, todos podem se associar, assim como já existem associados diversos e gostamos disto.

Concordo que em todos os meios existem os lobos com pele de ovelha, não é diferente nas telecomunicações, convido a todos então a refletirem a colocar em prática aquilo que ensinamos aos nossos filhos e amigos, “ somos todos iguais nas diferenças”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário