16 de abr de 2011

ARISSAT-1 lançado em fevereiro de 2011


Os radioamadores Lou McFadin, W5DID and Mark Steiner, K3MS seguiram para Moscou dia 10 de dezembro de 2010 para os últimos testes no experimento chamado Kursk e para a finalização dos testes das baterias do satélite.
Com viagem marcada para a Estação Espacial Internacional pela nave de carga Progress em janeiro de 2011 o satélite ARISSAT-1 será lançado ao espaço pelos astronautas a bordo em fevereiro de 2011.
Radioamadores terão vários modos para utilizarmos como repetidora VHF, BPSK, e vários transponders simultaneamente, podendo ser utilizados todos de uma só vez através de um novo software conhecido como SDX.
ARISSAt-1 possibilitará simultâneos sistemas de comunicação para Radioamadores como 2 metros, FM, CW, BPSK, e vários transponders.
Utilizar a repetidora de VHF simultaneamente com o identificador de voz do satélite, coletando sinais de telemetria, e recebendo mensagens de saudação em 15 idiomas e imagens de SSTV ao vivo.
Varias transmissões automáticas de voz, sinais de telemetria, 24 mensagens enviadas por alunos em escolas de todo o mundo, e transmissões de sinais de SSTV.
As transmissões de CW incluem o indicativo de chamada, seleção de sinais de telemetria e indicativos de chamada de pessoas envolvidas com os controladores da ARISS.
As transmissões de BPSK incluem o novo protocolo de BPSK conhecido como 1kBPSK desenvolvido por Phil Karn KA9K recebendo os sinais do satélite mesmo que ele emita baixos níveis de sinal. Os sinais de BPSK funcionarão alternadamente com os sinais de telemetria. Programas de computador (Softwares) de graça estão disponíveis em vários sites de Radioamadores e todos estes softwares trabalham com a placa de som, antes do lançamento.
O transponder do satélite possui uma variação de 16 khz entre os sinais de BPSK e FM.
O experimento chamado Kursk fará uma amostragem do vácuo por 90 minutos por dia e enviará os dados para as estações em terra para mapear a variação do vácuo durante os giros do satélite em órbita da Terra.
Os seis painéis solares do Satélite carregarão suas baterias e quando as baterias esgotarem sua carga o satélite continuará a enviar seus dados com baixa potencia e quando estiver iluminado pelo sol.
No satélite existem palavras secretas gravadas onde acontecerão concursos entre escolas para incentivar alunos a receberem os sinais do ARISSAT-1 e acontecerão também concursos para Radioamadores e diplomas para os que receberem os sinais de CW enviados pelo satélite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário