17 de ago de 2011

Labre-SP e Terra da Uva, fiquei sem reposta para dar…

desconfiado-2

Antes de mais nada, que fique claro que não sou mantenedor e nem responsável civil por nenhuma repetidora, apenas apoio das formas que posso os que realizam este trabalho.

Entre os amigos tem sempre aquele que gosta de fazer perguntas, lógico que isto acontece sempre nas rodinhas de bate-papo bem animadas e lá vem ele com as perguntas mais intrigantes.

Dado que eu normalmente apoio a Labre-SP como instituição, me meti numa saia justa – daquelas que deixa os joelhos colados – este amigo sempre me questiona sobre tudo o que aqui já discutimos sobre a Labre-SP, perguntas como “e então… a Labre ajuda a manter que repetidora mesmo? Digo assim com dinheiro, cacau, arame, tutu vivo?”, “…se a Labre não paga a conta…o que fazem com a sua mensalidade…?”, e por ai vai.

desconfiado-4

Na ultima oportunidade de encontrar alguns amigos e bater um bom papo, lógico que sobre rádio, antenas e coisas do meio, lá vem o figurinha carimbada, consegui me esquivar da primeira pergunta maldosa, mas a segunda veio em tom mais alto e o silêncio se fez no local, daquele jeito que até o garçom repousou a bandeja e se achegou a roda para ouvir a resposta: “E a repetidora Terra da Uva (147.330) volta ao ar quando mesmo? A Labre-SP vai enfim tirar dinheiro do bolso para pagar a manutenção da repetidora dela ou vocês vão acabar se falando com latinha e cordão??? Do jeito que a coisa anda agora vocês são os radioamadores do Nextel…” Neste momento eu imaginei que ouviria uma gargalhada, mas na verdade todos estavam muito interessados na resposta.

desconfiado-1

Enquanto ele falava, que foi muito mais do que acabo de escrever, minha cabeça ia a 1.000 RPM… pense… pense rápido… você precisa responder a altura… fale sobre a importância…bla…bla...bla...

Quando percebi o garçom continuava na mesma posição, esperando como todos em volta e a resposta nada de sair, nem um “veja bem”, dai só me restou dizer, “Estou como todos os demais amigos, esperando providências da Labre-SP, já nos colocamos a disposição do mantenedor para arcar com os custos, desde que possamos ter isto de forma transparente, nem que para isto precisemos fazer bingos, rifas, churrascos beneficentes e etc., mas até o presente instante e pelo motivo da repetidora fisicamente pertencer a Labre-SP, pouco podemos fazer, ou melhor, nada podemos fazer. Atualmente o Marco PY2JV é quem tem se desdobrado em 10 para mante-la no ar.

As próximas argumentações eu prefiro pular, pois a primeira já me deixou gago, sem resposta para dar. Não fiz escola de político, eles sim tem sempre o que dizer, estando certos ou errados. Eu quando errado só sei ficar calado.

 

desconfiado-3

Resta dizer que todos estão de olhando negativamente esta situação, que infelizmente coloca mais uma vez a credibilidade da Labre-SP em descrença, enquanto cooperadora dos radioamadores, dificultando quem quer que seja partir em sua defesa.

Como podemos querer brigar com a Anatel por mais frequências se não conseguimos manter as que temos? A PYU2KDO – repito que graças a seu mantenedor – é a melhor repetidora de toda esta região, com VHF, UHF e Echolink, para os que não sabem uma repetidora para ter Echolink precisar ter internet e um computador dedicado além das instalações e isto custa dinheiro, a conta chega todo mês. Um mantenedor de repetidora paga de seu bolso todas as idas e vindas a serra, arca com manutenções, cabos, antenas e etc. E não pode de forma alguma fazer uma arrecadação de dinheiro de forma a ajudar com estas despesas, pois é contra os valores e princípios da Labre-SP.

Para fechar este meu escrito, procurei entre muitas palavras, uma que resumisse os meus pensamentos com relação a tudo isto, algo que ronda entre hipocrisia e descaso político, não encontrei.

image

A propósito, paguei os refrigerantes que havia bebido e fui para casa, triste, triste é isso, achei a palavra que eu procurava.

2 comentários:

  1. Gosto muito do jeito que você escreve, para quem é leigo com oeu fica fácil de entender e tambem fico triste com o que escreveu, precisam dar mais valor ao radioamador.

    ResponderExcluir
  2. Alguem me mandou um e-mail com tema radioamadorismo, como sou apenas um simples PX da vida e prefixado legalmemte pela ANATEL, achei interessante a expressão " radioamador de verdade" Dai chego a conclusão que entre voces existe tambem os de "mentira; quero dizer;embora legalmente prefixado pela ANATEL, não falta lobo com pele de ovelha nesse meio. ASSINADO CAMARGO js08@uol.com.br

    ResponderExcluir