23 de set de 2011

Satélite deve cair na madrugada de sábado

Em um comunicado divulgado nesta sexta-feira, a Nasa (agência espacial americana) revê a previsão da queda do satélite desativado que se aproxima da Terra.

Contrariando o comunicado anterior, a agência espacial reviu sua previsão de queda do satélite UARS para o final desta sexta ou durante as primeiras horas de sábado, no horário de Nova York (uma hora a menos do que em Brasília). A mudança teria sido ocasionada por uma desaceleração do objeto em sua queda. Novos dados devem ser fornecidos nas próximas horas, de acordo com a Nasa.
Ainda segundo o comunicado, a atividade solar deixou de ser o principal fator de influência na velocidade de queda do satélite. A trajetória aparentemente foi alterada, tornando a sua queda mais lenta.
A agência afirmou que as chances de objetos caírem na América do Norte é remota, mas a possibilidade não pode ser descartada, devido à mudança verificada.
O satélite desativado do tamanho de um ônibus está se aproximando rapidamente da Terra e deve atingir algum ponto do planeta. Apesar disso, a Nasa --proprietária do gigante de 6,5 toneladas-- pede calma à população e diz que as chances de alguém ser atingido são realmente muito baixas, de 1 para 3.200.
Para a Nasa, o mais próvavel é que os fragmentos do objeto, que tem o tamanho de um ônibus e deve se partir quando entrar na atmosfera, atinjam o oceano Pacífico.


Editoria de Arte/Folhapress

Nenhum comentário:

Postar um comentário